sexta-feira, junho 18, 2010

O mercado de trabalho para o bibliotecário

- Atendendo à solicitação da leitora Elisângela.

O bibliotecário é o profissional formado em biblioteconomia. Devido o seu nome, muitos jovens que buscam esse curso de nível superior pensam que se trata de uma ciência relacionada a livros e, ao mesmo tempo, à economia. Na verdade, "nomia", neste caso não é uma parte da palavra "economia", é o fato de que o bibliotecário tem a função de relacionar os nomes de livros e documentos. É, portanto, um profissional do setor de informação (*).
A informação é o principal fator que direciona a atuação do bibliotecário. Por isto para exercer bem sua função, o bibliotecário precisa se dedicar bastante à profissão mesmo quando não estiver trabalhando. Terá que assistir diariamente a tantos telejornais quanto puder, ler todos os jornais e revistas que conseguir, pesquisar a internet constantemente, buscando informações sobre assuntos de todos os tipos (economia, segurança pública, política, problemas sociais, esportes, etc.). Tudo isto será sempre necessário para a construção do perfil que o bibliotecário, assim como o profissional de qualquer outra área, precisa ter. No mundo atual, valoriza-se cada vez mais a pessoa que tiver o maior volume de conhecimentos, pois isto faz grande diferença na competitividade dentro de mercado de trabalho.

O mercado de trabalho

Por causa do nome da profissão, costuma pensar que o bibliotecário atua somente em bibliotecas. Realmente a maioria ingressa na profissão atuando em bibliotecas públicas ou escolares (principalmente públicas, pois no Brasil infelizmente nem todas as escolas possuem bibliotecas - o que deveria ser obrigatório). Infelizmente a maioria da população brasileira não tem o saudável hábito de frequentar bibliotecas. Geralmente esses estabelecimentos são mais frequentados por estudantes que procuram livros para pesquisas e por crianças que buscam livros de histórias e revistas infantis. Mas o trabalho dos bibliotecários também é muito importante em arquivos públicos, secretarias e outros órgãos governamentais e em empresas particulares. Nas instituições privadas, o bibliotecário organiza  ações para transformar qualquer informação em atividade estratégica. 
Isto significa que o bibliotecário tem a obrigação de contribuir para tomadas de decisões como fator de produção, atuando como consultor, assessor ou autônomo. Para cumprir esses objetivos, ele tem as obrigações de organizar, processar e providenciar a recuperação de livros, jornais, revistas, slides, fotografias, partituras e documentos de todos os tipos. Devido ao incessante avanço da tecnologia, tais funções se tornam cada vez mais importantes, de forma que o mercado de trabalho está em franca expansão para o profissional que as exerce.
Entretanto, é preciso ter em mente que dizer que o mercado de trabalho é mais favorável ou menos favorável para esta ou aquela profissão é um erro. As vagas não são oferecidas para profissões, e sim para profissionais. Portanto, a preocupação do candidato a emprego não deve ser com relação à profissão que tenha mais facilidade ou dificuldade para a obtenção de uma oportunidade de trabalho, e sim com relação à sua competência como profissional e ao acúmulo de conhecimentos que ele possui. Antes de escolher um curso para se formar em uma determinada profissão, é preciso que a pessoa saiba se ela tem talento e vocação para a mesma. Se você pensa em ser bibliotecário só porque, como eu disse, é uma atividade sempre necessária, é preciso lembrar que todas as profissões são sempre necessárias. Porém, a necessidade de ser o melhor profissional possível é maior do que a necessidade da profissão. Qualquer que seja a profissão escolhida, se você tiver o perfil pessoal adequado para ela, sempre haverá oportunidade de trabalho para você. 
Esse "perfil adequado" pode ser verificado através de um teste vocacional. Mas não se limite a fazer testes vocacionais através da internet (existem muitos). É preciso que esses testes sejam aplicados e acompanhados pessoalmente por psicólogos especializados. 

(*) É comum cometer-se o erro de pensar que o jornalismo é a única profissão relacionada à informação.

10 comentários:

  1. Estou pensando em engressar no curso de biblioteconomia, e tinha duvidas sobre o mercado de trabalho. Esse artigo me esclareu várias dúvidas. Obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Camila!
    Fico feliz por saber que o artigo foi útil para você. Torço pelo seu sucesso.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito da propriedade como vc abordou o assunto, pois entrei para realmente "espiar o mercado de trabalho e sua abordagem me surpreendeu. Adorei o modo como diz que é o profissional e suas experiências que é a parte atuante no mercado e não sua profissão.

    ResponderExcluir
  4. Olá, amigo!
    Grato pela sua participação.
    O blogue estará sempre à sua disposição.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Foi bom descobrir por aqui que o curso também possibilita grande abrangência no âmbito empresarial, o qual me atrai bastante.

    ResponderExcluir
  6. Estou caminhando para o 2º período de biblioteconomia e este artigo foi de grande valia para sanar minhas dúvidas e dar a segurança que me faltava.

    ResponderExcluir
  7. OI, Patrícia! Fico feliz pelo meu artigo ter sido útil para você. Convido você a conhecer também meus websites:
    "Espaço do Empreendedor" - https://sites.google.com/site/espreendedor

    "Empreenda!" - https://sites.google.com/site/empreendaea
    Caso os links não funcionem, copie-os e cole-os na barra de endereços, ok?
    Abraços e sucesso!

    ResponderExcluir
  8. Olá, amigo(a) ("Anônimo")! Grato pelo sua participação. fico feliz por também ter-lhe sido útil. Você também está convidado a conhecer os sites que eu indiquei para Patrícia.
    Abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  9. Não concordo com essa ideia do texto:
    "As vagas não são oferecidas para profissões, e sim para profissionais."
    Acho essa afirmação falaciosa, pq sempre vejo as ofertas de trabalho serem direcionadas a profissões, na maioria das vezes nem posso me candidatar a vagas da área de Inteligência Competitiva, Arquitetura da Informação, Gestão do Conhecimento, pq geralmente o empregador restringe às seguintes profissões: Administradores de Empresa, Marketing, Publicidade e Propaganda, Engenharia, Sistemas de Informação, Gestão da Informação (curso superior, difere da Biblioteconomia por não focar na gestão de bibliotecas). Muitas vezes me candidato mesmo com as restrições, mas os empregadores nem dão satisfações, ou quando dão, dizem enfatizam que meu currículo não se enquadra no perfil de profissional que procuram, enfatizando as profissões arroladas na vaga. Desse modo, imagino que não apenas esse texto esta equivocado como também os Departamentos e Coordenações dos cursos de Biblioteconomia que insistem em incluir nas descrições do curso que os formandos poderão atuar nessas áreas. No entanto, o que se vê nos sites do CFB e os CRB´s, FEBAB, etc é o discurso do bibliotecário de biblioteca, eles nem abrangem esse viés em que o bibliotecário pode atuar em empresas e indústrias sem ser dentro de uma biblioteca institucional. Ao contrário, por exemplo, do CREA que trata dá respaldo aos profissionais de engenharia, arquitetura, agrimensura, independente do viés de sua atuação. Não engessando assim seu papel/atuação no mercado de trabalho.

    ResponderExcluir
  10. Olá, Paulo!

    O que você mesmo diz no comentário é uma confirmação do que está dito no texto. Quando você diz que "o empregador restringe (as vagas) às seguintes profissões: administradores de empresas, marketing, publicidade..." e que isto "difere da biblioteconomia por não focar na gestão de bibliotecas" você mesmo está confirmando que as vagas são para profissionais, não para profissões - ou seja, são para os tipos de profissionais que a organização precisa contratar naquele momento, e que precisam ser muito bons no que fazem. Como você mesmo admite que seu currículo não se enquadra no perfil dos profissionais que eles procuram, você mesmo está confirmando que você não é um profissional com as qualificações que eles necessitam.

    Abraços, amigo!

    ResponderExcluir

Olá, seja bem vindo! Obrigado pela sua participação.